Acesse a sua conta getAbstract para obter o resumo!

A Diferença da Inteligência Cultural

Acesse a sua conta getAbstract para obter o resumo!

A Diferença da Inteligência Cultural

AMACOM,

15 min. de leitura
10 Ideias Fundamentais
Texto disponível

Sobre o que é?

A diferença QC (Quociente de Inteligência Cultural): Saber como comunicar e interagir com pessoas de outras culturas.

Avaliação Editorial

8

Qualidades

  • Abrangente
  • Analítico
  • Aplicável

Recomendação

Nas Filipinas, as pessoas jogam nos funerais. Na Indonésia, se aponta com o polegar porque apontar com o dedo indicador é indelicado. Na Tailândia, cruzar as pernas em público é má-educação. No Japão, tiram os sapatos antes de entrar na casa de alguém. Os Ocidentais costumavam achar tais práticas atraentes ou peculiares, mas irrelevantes e remotas. No mundo atual interconectado, as distâncias encolheram e seu sucesso pode depender do entendimento de outras culturas e do respeito e sensibilidade na relação com elas. David Livermore, um experiente viajante global, oferece dicas úteis sobre culturas de todo o mundo. O seu teste de autoavaliação de “inteligência cultural” está disponível online (código de acesso gratuito no livro) e não no próprio livro, o que seria mais conveniente. getAbstract recomenda as orientações de Livermore a quem trabalha em países distantes e aos que se relacionam com colegas, clientes e amigos de diferentes culturas e ambientes de negócios internacionais.

Resumo

O que É “Inteligência Cultural”?

Seu quociente de inteligência (QI), quociente de inteligência emocional (QE) e quociente de inteligência social (QS) são vitais para o seu sucesso. Mas ainda mais importante no atual mundo interconectado é seu quociente de inteligência cultural (QC), isto é, sua “capacidade para atuar eficazmente em diferentes contextos culturais – incluindo nacionais, étnicos, organizacionais e geracionais”.

O QC inclui adaptação a comidas étnicas, novas línguas, roupas exóticas, relações locais de gênero e divisas internacionais. Independentemente de diferenças específicas entre culturas, QC implica entender e ser sensível a pessoas de outras culturas, e a como pensam, sentem e atuam.

As pessoas de alto QC operam eficazmente no mercado global e provam que o QC é um trunfo de larga aplicação na resolução de problemas. O QC não se foca em uma única cultura; em vez disso, ele denota a capacidade para entender o sentido de um grande número de culturas.

Benefícios do QC

Seu QC se desenvolve à medida que você aprende a interpretar as ações de pessoas de diferentes culturas. Em um ambiente de trabalho multicultural, um QC elevado melhora...

Sobre o autor

David Livermore , presidente e associado do Cultural Intelligence Center (Centro de Inteligência Cultural), escreveu Leading with Cultural Intelligence (Liderando com Inteligência Cultural).


Comente sobre este resumo

Mais deste tópico

Os clientes que leem esse resumo também leem