Resumo de A Estratégia da Propriedade Intelectual

Procurando pelo livro?
Nós temos o resumo! Obtenha os insights principais em apenas 10 minutos.

A Estratégia da Propriedade Intelectual resumo de livro
Comece hoje:
ou conheça os nossos planos

Avaliação

8

Qualidades

  • Analítico
  • Panorama Geral
  • Cativante

Recomendação

O mundo da propriedade intelectual (PI) pode ser um tanto assustador; é ali onde empresas gigantes enfrentam os seus maiores concorrentes, desembaiando portfolios gigantescos de PI para intimidar outras empresas e desencorajar possíveis ações judiciais de violação de patentes. Ou pode ser ainda um ótimo lugar para promover investimentos inteligentes e cultivar ativos preciosos. O professor da Harvard Law School John Palfrey examina o universo de alto risco da PI e sugere estratégias de PI para otimizar o desempenho organizacional. A getAbstract recomenda as orientações valiosas de Palfrey aos gestores que desejam conhecer melhor os seus ativos de PI e aprender como maximizar a sua rentabilidade.

Sobre o autor

John Palfrey, executivo de capital de risco da Highland Capital Partners, leciona na Harvard Law School e é diretor e docente do Berkman Center for Internet & Society.

 

Resumo

Mais do Que “a Espada e o Escudo”

A propriedade intelectual (PI) é um termo utilizado para descrever o que as pessoas na sua organização sabem e são capazes de fazer. É o conjunto de conhecimentos, produtos do trabalho e habilidades acumuladas de todas as pessoas da equipe. “A PI protege ideias originais, obras expressivas, palavras e imagens (até mesmo sons e cores) que descrevam as marcas”.

Os estrategistas da PI têm focado em duas metáforas relacionadas à guerra, já obsoletas: a espada e o escudo. As empresas utilizam a PI como uma espada para atacar os rivais ou como um escudo para se protegerem. Esse pensamento acaba levando logicamente aos tribunais, onde determinada empresa procura esmagar ou tomar à força as muralhas da PI de outra empresa e os honorários dos advogados podem chegar a milhões de dólares. Esta abordagem do ataque e contra-ataque com base na PI pertence ao século passado. A PI deveria estar mais relacionada à sala de reuniões, onde pode ser bem trabalhada e alavancada.

Ao invés de abordar a PI como uma arma, pense nela como um ativo explorável e repleto de lucros potenciais. As empresas inteligentes aprendem a encarar a PI como recurso de...


Mais deste tópico

Os clientes que leem esse resumo também leem

Condicionados
8
O Fim do Século Asiático
8
Blockchain Revolution
9
A Terceira Revolução
7
Audio Branding
8
Segurança Nacional de Israel
8

Canais Relacionados

Comente sobre este resumo