Resumo de A Zona do Estrondo

Procurando pelo livro?
Nós temos o resumo! Obtenha os insights principais em apenas 10 minutos.

A Zona do Estrondo resumo de livro
Comece hoje:
ou conheça os nossos planos

Avaliação

9

Qualidades

  • Exemplos Práticos
  • Cativante
  • Conhecimento de Causa

Recomendação

A maioria das pessoas associa as rodas de tambores a rituais e expressões de contracultura, porém raramente pensa nelas em relação ao funcionamento das suas empresas. No entanto, as rodas de tambores podem construir conexões emocionais e energéticas entre as pessoas, afirma o baterista e especialista em mudança organizacional Jim Boneau. A energia da roda de tambores pode fornecer uma metáfora de transformação poderosa para a mudança organizacional. Tudo isso em meio a um enorme estrondo, representado por uma época de caos e mudança.

Sobre o autor

Jim Boneau lidera rodas de tambores e facilita projetos de mudança organizacional.

 

Resumo

Tanto na roda de tambores como na organização, um “estrondo” representa um tempo de caos e transformação.

As rodas de tambores combinam a energia de muitos participantes e incorporam uma variedade de instrumentos. Os ritmos aumentam e se chocam e podem oprimir os sentidos e a mente. Quando as pessoas tocam perto umas das outras, elas encontram um ritmo compartilhado. Ao mesmo tempo, cada participante traz algo especial para a roda. Esta é uma metáfora e um catalisador para a interação organizacional. Por vezes, os ritmos na roda de tambores “oscilam”. Os participantes sentem a oscilação à medida que ela cresce e a cadência se desfaz. Eles se sentem impotentes para lutar contra isso. Algumas pessoas param de tocar seus tambores. Outros seguem seus ritmos pessoais e não reconhecem que o ritmo do grupo está se quebrando.

As organizações funcionam de maneira semelhante. Um líder pode ter o instinto de salvar um grupo e impor a ordem quando ela começa a oscilar para que não se dissolva no caos. Se o líder permitir que a oscilação continue, os participantes encontram uma saída e criam um novo ritmo. O facilitador pode conduzir essa transição de ritmo em ritmo, ...


Mais deste tópico

Os clientes que leem esse resumo também leem

O Mapa da Coragem
8
Liderando Além do Ego
8
Os 7 Segredos da Liderança Responsiva
8
Influência na Carreira
9
Influência Extraordinária
8
A Cultura Orientada ao Cliente: Uma História da Microsoft
9

Canais Relacionados

Comente sobre este resumo