Resumo de Acabe com o Burnout

Procurando pelo livro?
Nós temos o resumo! Obtenha os insights principais em apenas 10 minutos.

Acabe com o Burnout resumo de livro

Avaliação Editorial

8

Qualidades

  • Aplicável
  • Bem-Estruturado
  • Exemplos Práticos

Recomendação

Muitas pessoas sofrem de burnout. O Institute for Healthcare Improvement inclusive considera o burnout uma epidemia. Se você está entre os afligidos, o empresário Robert Bogue e a enfermeira especialista Terri Bogue têm boas notícias para você: o burnout tem cura e a cura começa com você. Em capítulos curtos de leitura rápida e fácil, o autor fornece dois modelos – “o modelo da banheira” e o “modelo da percepção” – que vão ajudar a entender como funciona o burnout. Eles também oferecem várias dicas práticas sobre como desenvolver habilidades para combater e até mesmo se recuperar do burnout.

Sobre os autores

O empresário Robert Bogue e a enfermeira especialista Terri Bogue escreveram mais de duas dezenas de livros sobre gestão de carreira e tecnologia.

Resumo

Sentir-se constantemente esgotado, pessimista e ineficaz pode ser um sintoma de burnout, um mal generalizado mas tratável.

Se você se sente constantemente esgotado, pessimista e ineficaz, pode estar sofrendo de burnout. Pessoas que se sentem esgotadas muitas vezes perdem o senso de propósito. Frequentemente, elas se afastam dos outros, tornam-se passivas e sucumbem aos vícios. Elas acreditam que não podem mudar a situação e muitas vezes caem na armadilha da “impotência adquirida”. De acordo com a Gallup, apenas um terço dos funcionários relatam se sentirem envolvidos no trabalho e dois terços dos trabalhadores em tempo integral sofrem de burnout.

Para evitar o burnout, assuma o comando do seu “arbítrio pessoal”. Pense nele como uma banheira que você precisa encher à medida que as demandas externas a esvaziam. Perceber que o seu trabalho está fazendo a diferença e ver resultados pode ajudar você a aumentar o seu reservatório de arbítrio pessoal. Priorize o cuidado pessoal e busque o apoio de outras pessoas. Por fim, mantenha a tampa do ralo da sua banheira bem firme, limitando as demandas que esgotam o seu arbítrio pessoal.

Desenvolva uma perspectiva mais equilibrada...


Comente sobre este resumo

  • Avatar
  • Avatar
    L. E. 4 meses atrás
    "Ao aprendermos o que nos motiva, podemos aprender como nos motivar". <br>Essa é a frase que mais me chamou atenção. O livro "O Poder do Hábito" de Charles Duhigg descreve que a mudança pode ser mais fácil de ser implantada se uma recompensa por essa mudança for definida. <br>O que motiva pode não estar relacionado a uma recompensa, tão pouco a recompensa com a motivação, mas observo que há oportunidades para que sejam complementares.
  • Avatar
    E. M. 4 meses atrás
    Recomendo. Muito bom!

Mais deste tópico

Cultura de Conexão
9
O Mapa da Coragem
8
A Solução para o Esgotamento
9
Desafios da Primeira Gestão
9
O Líder que Supera os Seus Bloqueios
8
Mais do que Mulher-Maravilha... Mulher Real
9

Canais Relacionados