Acesse a sua conta getAbstract para obter o resumo!

Acima da Linha

Acesse a sua conta getAbstract para obter o resumo!

Acima da Linha

Como criar uma cultura corporativa que se dedique aos colaboradores, encante os clientes e traga resultados

Wiley,

15 min. de leitura
10 Ideias Fundamentais
Texto disponível

Sobre o que é?

A cultura literalmente devora a estratégia: esteja pronto para criar uma cultura corporativa que funcione a seu favor.


Avaliação Editorial

7

Qualidades

  • Aplicável

Recomendação

A cultura orienta todas as coisas e evolui naturalmente, porém não precisa ser aleatória. Você pode moldar deliberadamente a cultura da sua organização através do processo de “aculturação” e, depois, zelar por ela com carinho. Muitos líderes ignoram o poder da cultura; ao invés disso criam declarações de missão sem sentido ou descrevem valores repletos de chavões. Michael Henderson, um antropólogo corporativo, aplica sua experiência considerável com organizações na questão da cultura. Ele descreve os níveis das culturas com expressões que vão desde “mortas” ou “agonizantes” a “bem-sucedidas” e “imbuídas de excelência”. Ele ensina os leitores a identificarem esses níveis e como apoiarem a evolução da cultura nas suas organizações. O texto de Henderson contém inúmeras pepitas de sabedoria e conselhos excelentes, embora a leitura possa ser um tanto morosa e algumas declarações arrebatadoras talvez se beneficiassem de uma maior pesquisa e embasamento. A getAbstract recomenda os insights e as orientações de Henderson aos líderes em todos os setores e a todos os tamanhos e tipos de empresas, incluindo organizações sem fins lucrativos.

Resumo

Não tome a cultura como garantida

A cultura se forma naturalmente dentro de grupos. É importante que os líderes empresariais não permitam que a cultura simplesmente aconteça de forma aleatória. Ao invés disso, podem utilizar a “aculturação” para planejar e executar uma visão que consolide a cultura ideal para as suas organizações, tal como planejariam qualquer outra estratégia. A cultura é o ambiente organizacional palpável, ou o “processo de interação social”. A cultura não tem a ver com a forma como as pessoas fazem as coisas; é a razão pela qual elas o fazem. Uma cultura poderosa obriga as pessoas ali a abrirem mão dos seus interesses pessoais em prol da missão ou propósito coletivo da organização. O trabalho gerencial deliberado de aculturação reconhece e aborda vários aspectos relacionados da cultura que são “mutáveis, complexos, libertadores, evolutivos e em constante expansão ou redução”. Enxergue a sua cultura a partir da perspectiva dos seus colaboradores, clientes e demais stakeholders. É possível que honrem a cultura da sua organização e aceitem as suas iniciativas de aculturação, mudanças de comando e novidades estratégicas, sempre dependendo da compreensão...

Sobre o autor

O antropólogo cultural Michael Henderson estuda as culturas corporativas, assim como os cientistas sociais estudam as culturas tribais. Henderson escreveu vários livros sobre esta especialidade.


Comente sobre este resumo