Resumo de Como Avaliar Sua Vida?

Procurando pelo livro?
Nós temos o resumo! Obtenha os insights principais em apenas 10 minutos.

Como Avaliar Sua Vida? resumo de livro
Comece hoje:
ou conheça os nossos planos

Avaliação

8

Qualidades

  • Aplicável

Recomendação

Numa época caracterizada por refeições instantâneas, mensagens instantâneas e gratificação instantânea, pode parecer estranho perguntar se você está fazendo escolhas instantâneas das quais você vai se arrepender mais tarde na vida, mas é exatamente isso que os teóricos da administração Clayton M. Christensen, James Allworth e Karen Dillon querem que você faça. A análise esclarecedora dos autores ensina a aplicar a teoria causal na sua vida pessoal e profissional. Eles explicam por que a causalidade é mais importante do que a correlação e tecem com habilidade exemplos corporativos como lições para mostrar como utilizar o princípio do “e se” no trabalho e na vida. Christensen conclui este livro extraordinário, por sinal um tanto afastado dos seus textos seminais sobre inovação, com um relato pessoal sobre seus desafios em praticar estes princípios. A getAbstract recomenda calorosamente este manual bem-escrito e inteligente a quem procura fazer as melhores escolhas de vida.

Sobre os autores

O escritor Clayton M. Christensen é autor de Dilema da Inovação e também professor da Harvard Business School. James Allworth é membro do Forum for Growth and Innovation. Karen Dillon foi editora da Harvard Business Review e da American Lawyer.

 

Resumo

Só porque você tem penas

Durante séculos, os seres humanos sonharam em voar como pássaros. Os primeiros aviadores aventureiros se amarravam em engenhocas com penas e, batendo as “asas” freneticamente, muitas vezes caíam para a morte. Então, em 1738, o matemático Daniel Bernoulli publicou um livro sobre a mecânica dos fluidos que explicava o conceito da sustentação aerodinâmica aplicada ao voo. Acontece que a correlação entre voo e asas significa pouco em comparação com a causalidade do voo. Os pássaros não voam porque têm asas. Os pássaros voam porque utilizam instintivamente a teoria do “e se”: se eles batem as asas de uma certa maneira, os seus corpos logo se ascendem e eles voam.

O conceito de se analisar as questões sob a perspectiva causal do “e se” é uma teoria sólida da gestão que pode funcionar também na sua vida pessoal. Para se provar confiável, uma teoria deve explicar “o que faz com que as coisas aconteçam e por quê”. As teorias de gestão são válidas caso funcionem de forma consistente e sejam aplicadas universalmente. As empresas podem utilizar a abordagem “e se” para definirem problemas e oportunidades, anteciparem os desafios do futuro e preverem as ...


Mais deste tópico

Dos mesmos autores

O Dilema da Inovação
10

Os clientes que leem esse resumo também leem

O Que Sabíamos? O Que Fizemos?
8
Gente que convence
8
O Efeito do Propósito
8
Sua Carreira Criativa
7
O Grande Livro do RH
7
Livres e Destemidas
7

Canais Relacionados

Comente sobre este resumo