Resumo de Como Chegar ao “Sim e…”

Procurando pelo livro?
Nós temos o resumo! Obtenha os insights principais em apenas 10 minutos.

Como Chegar ao “Sim e…” resumo de livro
Comece hoje:
ou conheça os nossos planos

Avaliação

8

Qualidades

  • Aplicável
  • Para Iniciantes
  • Conhecimento de Causa

Recomendação

Bob Kulhan, comediante da trupe de improvisação Second City, consultor administrativo e professor, mostra como aplicar os princípios da improvisação nos negócios. Ele procura aplicar princípios do trabalho cênico como “descartar o julgamento” e ouvir ativamente outras situações, por exemplo, na hora de liderar uma estratégia de negócios, estimular a criatividade dos colegas ou desenvolver uma marca pessoal. Escrevendo com Chuck Crisafulli, Kulhan detalha como adaptar as habilidades do palco às demandas do mundo dos negócios. Ele se mantém implacavelmente no tema, adotando um tom casual e amigável e, ocasionalmente, recorrendo a uma piada. Esta perspectiva revigorante sobre as questões relacionadas aos negócios familiares vai garantir boas risadas e lições importantes para executivos, empresários e todos aqueles que precisam saber como agir diante de situações imprevistas.

Sobre os autores

O ator da Second City Bob Kulhan é presidente, CEO e fundador da consultoria Business Improv e professor adjunto da Fuqua School of Business da Duke University e da Columbia Business School. Chuck Crisafulli é jornalista veterano e autor de Go to Hell: A Heated History of the Underworld.

 

Resumo

Comediantes e SEALs

As oficinas de comédia improvisada vêm se tornando presença obrigatória no treinamento corporativo. Os princípios da improvisação são valiosos, mas a maioria dos facilitadores não os adapta ao ambiente de negócios.

Jogos e exercícios improvisados podem ser excelentes treinamentos para atores cômicos, mas talvez não sejam aplicáveis aos desafios de um negócio complexo e em rápida mudança. No entanto, os princípios subjacentes à improvisação aplicam-se igualmente a uma mesa de reuniões corporativa, uma sala de emergência hospitalar, uma partida esportiva profissional, uma operação militar ou um clube de comédia.

Os SEALs da Marinha dos EUA que invadiram o complexo de Osama bin Laden tiveram que improvisar depois que um dos seus helicópteros caiu dentro do complexo, atrapalhando os planos. A resposta rápida e eficaz dos SEALs demonstra um princípio central de improvisação: os improvisadores não vão simplesmente fazendo as coisas à medida que avançam. Eles se adaptam à mudança das circunstâncias, aproveitando os seus conhecimentos e consciência da situação. Os SEALs tiraram partido dos seus estudos do complexo onde bin Laden estava e seus extensos...


Mais deste tópico

Os clientes que leem esse resumo também leem

Desbloqueando a Criatividade
8
Qual o Seu Perfil ao Falar em Público?
8
Influência na Carreira
9
Gestão Nudge
7
A Surpreendente Ciência das Reuniões
9
Liderança Humilde
8

Canais Relacionados

Comente sobre este resumo