Acesse a sua conta getAbstract para obter o resumo!

Comunicação Convincente

Acesse a sua conta getAbstract para obter o resumo!

Comunicação Convincente

Como demonstrar competência e conquistar pessoas

Berrett-Koehler,

15 min. de leitura
10 Ideias Fundamentais
Áudio & Texto

Sobre o que é?

O mentalista Jack Nasher oferece dicas para você julgar a competência das pessoas e ajudá-las a julgarem a sua.

Avaliação Editorial

9

Qualidades

  • Analítico
  • Revelador
  • Cativante

Recomendação

O mentalista Jack Nasher oferece dicas e táticas para ajudar você a parecer mais competente, atrativo, inteligente e importante. Ele também ajuda você a discernir o nível de competência e inteligência das outras pessoas. O autor argumenta que sem um julgamento bem afinado você não vai saber ao certo em quem confiar atribuições pessoais e profissionais. No entanto, ele acredita que julgar com precisão a competência da outra pessoa pode ser extremamente difícil. Para superar o desafio, Nasher apresenta os seus “oito pilares da competência” – técnicas, ferramentas e táticas comprovadas derivadas de décadas de pesquisas na área da psicologia.

 

Resumo

Para convencer as pessoas da sua competência, aplique as ferramentas da “gestão das impressões” e dos “oito pilares de competência”.

Não é a sua competência real que conta. Na verdade, a forma como as pessoas percebem a sua competência é que faz toda a diferença. Você pode aplicar técnicas, ferramentas e táticas de gestão das impressões para convencer os outros da sua competência. A capacidade de persuasão oferece uma enorme vantagem sobre pessoas igualmente competentes, mas que não conseguem se diferenciar. Ferramentas, técnicas e táticas específicas compõem os oito pilares da competência:

1. Competência e brilhantismo não são necessariamente evidentes; você deve demonstrar as suas qualidades.

O jornalista do Washington Post Gene Weingarten convenceu o violinista de classe mundial Joshua Bell a se apresentar como músico de rua durante a hora do rush na movimentada Estação L’Enfant Plaza, em Washington, DC. O violino escolhido por Bell foi um Stradivarius de 1713, avaliado em cerca de US$ 4 milhões. Ele tocou a maior das obras-primas para violino, a impressionante Chaconne de Johann Sebastian Bach.

O desempenho de Bell mal causou...

Sobre o autor

Fundador do NASHER Negotiation Institute, Jack Nasher é um escritor bestseller internacional, autoridade na habilidade de esquadrinhar e influenciar pessoas, e professor visitante na Universidade de Stanford. Como mentalista, ele demonstra os mistérios da mente no Magic Castle em Hollywood, na Califórnia.


Comente sobre este resumo

Mais deste tópico

Canais Relacionados