Resumo de Comunicação Não-Violenta

Procurando pelo livro?
Nós temos o resumo! Obtenha os insights principais em apenas 10 minutos.

Comunicação Não-Violenta resumo de livro
Comece hoje:
ou conheça os nossos planos

Avaliação

9 Geral

10 Aplicabilidade

7 Inovação

9 Estilo


Recomendação

O psicólogo Marshall B. Rosenberg explica como você pode expressar as suas necessidades e sentimentos para promover conexões interpessoais respeitosas e empáticas. Ele não fala especificamente sobre resolução de conflitos ou mediação, embora você possa aplicar o seu sistema “Comunicação Não-Violenta” (CNV) também nestas áreas. Em vez disso, ele aborda particularmente a “comunicação compassiva”. O manual de Rosenberg sugere novos comportamentos que você pode aplicar de maneira produtiva agora mesmo e por toda a sua vida. Note que utilizar este sistema requer abraçar uma estrutura teórica sobre necessidades e emoções humanas que talvez poderiam ter sido explicadas mais a fundo. Para entender melhor este sistema também é preciso lidar com algum jargão aplicado por Rosenberg de forma sutil e intencional. A getAbstract recomenda os métodos compassivos do autor aos empresários que buscam mais clareza na comunicação e a todos os leitores interessados em atenção plena (mindfulness), comunicação eficaz, relacionamentos e crescimento pessoal.

Neste resumo, você vai aprender:

  • Como funciona a “Comunicação Não-Violenta” (CNV);
  • Como aplicar os princípios da CNV em interações diversas, e
  • Como você e aqueles ao seu redor se beneficiam quando você desenvolve e utiliza habilidades de CNV.
 

Sobre o autor

O psicólogo Marshall B. Rosenberg, PhD, é ex-diretor de serviços educacionais do Center for Nonviolent Communication. Ele escreveu 15 livros, incluindo The Surprising Purpose of Anger e Being Me, Loving You: A Practical Guide to Extraordinary Relationships.

 

Resumo

Comunicação Não-Violenta

Muitos dos padrões de comunicação já estabelecidos na sua vida podem contribuir para relacionamentos disfuncionais, mal-entendidos e frustração. Fazer “juízos moralistas” sobre outras pessoas pode afastá-las. Isto é diferente dos “juízos de valor” que as pessoas fazem o tempo todo. Comparar pessoas interfere na comunicação autêntica, assim como falar sobre o que alguém merece ou negar a responsabilidade por suas ações. Quando você diz que tem de fazer algo, ou alguém exige que você faça algo, você acaba se alienando das outras pessoas. A “Comunicação Não-Violenta” (CNV) surge para oferecer conexões interpessoais “do fundo do coração”. A CNV ajuda você a se concentrar e ter uma atitude humana nas circunstâncias difíceis. Com a CNV, você pode alterar a sua consciência para agir de maneira diferente.

A CNV tem quatro componentes: “observação, sentimento, necessidades e pedido”. Para aplicar a CNV, trabalhe nestes quatro elementos. Observe o que está acontecendo. Partilhe como um evento faz você se sentir e fale sobre o que você necessita. Se você pedir algo a alguém, a sua solicitação precisa ser específica. Peça algo que a pessoa seja capaz de...


Mais deste tópico

Os clientes que leem esse resumo também leem

Alavanque Sua Fibra
8
Mudando o Tom da Conversa
8
Hábitos Emocionais
8
Ouse Crescer
8
O Código da Inspiração
7
Copywriting
8

Canais Relacionados

Comente sobre este resumo