Resumo de Desigualdades na Saúde

Procurando pelo livro?
Nós temos o resumo! Obtenha os insights principais em apenas 10 minutos.

Desigualdades na Saúde resumo de livro
Comece hoje:
ou conheça os nossos planos

Avaliação

9

Qualidades

  • Analítico
  • Panorama Geral
  • Importante

Recomendação

Clare Bambra, professora da Durham University, oferece uma análise aprofundada de como a política e a economia do local em que você vive influenciam sua saúde. Ela explica por que existem desigualdades na saúde tanto entre as diferentes nações quanto dentro delas. Bambra examina estas discrepâncias passadas e presentes e detalha sua natureza sempre presente e duradoura. Reduzi-las – tornando a vida das pessoas mais segura e saudável – vai exigir grandes mudanças nas prioridades políticas e econômicas. A getAbstract recomenda o relatório de Bambra a líderes visionários e defensores da saúde pública.

Neste resumo, você vai aprender:

  • Como os fatores geográficos moldam a saúde humana;
  • Como as desigualdades na saúde evoluíram no Reino Unido, Europa e Estados Unidos ao longo dos séculos XIX, XX e XXI, e
  • Como a política afeta a relação entre saúde e ambiente geográfico.
 

Sobre o autor

A Dra. Clare Bambra é professora de geografia da saúde pública e diretora do Center for Health and Inequalities Research da Universidade de Durham. Suas pesquisas se concentram nos sistemas de saúde e bem-estar social e no papel das políticas públicas na redução das desigualdades na saúde.

 

Resumo

Uma relação entre localidade e saúde

As desigualdades na saúde existem tanto entre as diferentes nações quanto dentro delas, incluindo nações ricas como os Estados Unidos e o Reino Unido. A Inglaterra apresenta uma desigualdade na saúde entre o norte e o sul – que goza de melhor saúde – desde o início da Revolução Industrial. A Escócia tem discrepâncias do leste para o oeste. Os EUA e a China têm disparidades entre o norte e o sul.

Fatores “composicionais”

Por que certas localidades e seus habitantes desfrutam de melhor saúde? Os especialistas em “geografia da saúde” oferecem duas explicações interconectadas. A “explicação composicional” examina como as características das pessoas em um determinado local moldam os seus indicadores de saúde. Esta escola afirma que os elementos demográficos dos moradores (raça, idade, sexo), elementos comportamentais (tabagismo, abuso de álcool) e elementos socioeconômicos (renda, tipo de emprego, nível de escolaridade) determinam o quão saudável ou insalubre é determinada localidade. Fatores como raça ou etnia podem aumentar ou mitigar os indicadores positivos de saúde e refletem desigualdades socioeconômicas. As...


Mais deste tópico

Os clientes que leem esse resumo também leem

O Grande Nivelador
8
Ascensão e Queda do Crescimento Americano
8
O Capital e o Bem Comum
8
Os Fundamentos da Liberdade
8
Relatório Sobre os Riscos Globais de 2018
9
Nós Fazemos as Coisas de Maneira Diferente
8

Canais Relacionados

Comente sobre este resumo