Acesse a sua conta getAbstract para obter o resumo!

Em Forma para Crescer

Acesse a sua conta getAbstract para obter o resumo!

Em Forma para Crescer

Um guia para o corte estratégico de custos, reestruturação e renovação

Wiley,

15 min. de leitura
10 Ideias Fundamentais
Texto disponível

Sobre o que é?

Com os seus orçamentos inflados e estratégias confusas, muitas empresas precisam entrar na linha.

Avaliação Editorial

7

Qualidades

  • Analítico
  • Aplicável
  • Bem-Estruturado

Recomendação

Em muitas empresas, os gestores teimam em tolerar orçamentos inflados e objetivos difusos, mas as organizações fora de forma se colocam em grave perigo, de acordo com os consultores Vinay Couto, John Plansky e Deniz Caglar, da PricewaterhouseCoopers. Neste guia útil – uma espécie de plano de treinamento para burocracias inchadas – os autores exortam os gestores a cortarem a gordura e manterem a boa forma, mesmo depois que o trabalho duro pareça ter terminado. O manual prático dos autores oferece orientações passo-a-passo bastante claras para questões como terceirização e orçamentação. No entanto, alguns leitores podem sentir falta de exemplos mais específicos. Ainda assim, a getAbstract recomenda este panorama geral para os gestores de grandes organizações.

Resumo

Burocracia gigantesca

As corporações de hoje em dia enfrentam mudanças constantes e pressões competitivas violentas. Muitos gestores aprendem da maneira mais difícil que a complacência pode ser mortal e as quedas nos lucros se tornam esmagadoras. A abordagem “Fit for Growth” (Em Forma para Crescer) da PricewaterhouseCoopers orienta os executivos na preparação das suas organizações para competirem neste ambiente, emagrecendo e mantendo a forma. Nas organizações “em forma”, a estratégia de negócios funciona como um “farol” – um sinalizador definido que orienta todos na empresa e fora dela. Nas empresas fora de forma, o perfil é frouxo demais. Objetivos conflitantes e agendas repletas de reuniões sem sentido caracterizam as organizações em que burocracias esclerosadas retardam a tomada de decisão.

Circuit City e Ikea

Dois grandes varejistas oferecem exemplos divergentes de como se preparar (ou não) para o crescimento. O estudo de caso negativo vem da Circuit City, que não conseguiu se adaptar à evolução da concorrência e desapareceu. Depois de um longo declínio, os proprietários precisaram fechar as portas. Em contraste, a Ikea tem permanecido implacavelmente...

Sobre os autores

Vinay Couto, John Plansky e Deniz Caglar são diretores da PricewaterhouseCoopers. Couto tem trabalhado com empresas em uma variedade de setores; Caglar é especialista em terceirização. Ambos são estabelecidos em Chicago. Plansky, estabelecido em Boston, centra-se na tecnologia da informação.


Comente sobre este resumo

Mais deste tópico

Os clientes que leem esse resumo também leem