Acesse a sua conta getAbstract para obter o resumo!

Epidemia

Acesse a sua conta getAbstract para obter o resumo!

Epidemia

O Ebola e a batalha global para prevenir o próximo surto mortal

Brookings Institution Press,

15 min. de leitura
10 Ideias Fundamentais
Áudio & Texto

Sobre o que é?

O surto do Ebola de 2014 foi mau, mas poderia ter sido muito pior.


Avaliação Editorial

9

Qualidades

  • Inovativo

Recomendação

O surto do Ebola de 2014 foi um terrível desastre: um momento em que as nações do primeiro mundo foram obrigadas a reconhecer tanto as mortes terríveis de milhares de africanos ocidentais quanto o fato de que apenas um doente em um avião pode espalhar o vírus por todo o mundo. Neste relato cativante, o jornalista Reid Wilson utiliza entrevistas detalhadas e informações sobre imunologia para transformar uma história que os leitores já ouviram em uma crônica irresistível e repleta de suspense. Através de entrevistas em profundidade junto a autoridades de saúde pública americanas, Wilson fornece novos detalhes fascinantes e uma análise convincente do surto. Ele também aborda as nuances científicas da imunologia com desenvoltura, fornecendo explicações simples e fáceis de entender. A getAbstract recomenda este livro aos leitores interessados em entender porque o Ebola chegou tão próximo às grandes metrópoles e como as autoridades de saúde pública foram capazes de confinar a epidemia de Ebola a três países da África Ocidental. A verdade nua e crua é que apenas um esforço bem-orquestrado vai ser capaz de manter o próximo surto sob controle.

Resumo

Um vírus mortal

O vírus Ebola, descoberto pela primeira vez em 1976 perto do rio Congo, na África, é um dos germes mais letais jamais vistos. Na maioria dos surtos, o Ebola mata 90% das pessoas infectadas. Ao se replicar em vítimas humanas, o vírus causa febre alta, vômitos, diarreia e secreções dos olhos e nariz. O Ebola precisa apenas de um minúsculo ponto de entrada para se espalhar à nova vítima: ele penetra nas membranas mucosas e pequenos arranhões na pele. Nas décadas após o vírus ter sido descoberto, os surtos de Ebola foram confinados em partes remotas da República Democrática do Congo, Sudão, Gabão e Uganda. As vítimas tendiam a morrer tão rapidamente que não tinham tempo de viajar o suficiente para espalhar a doença. Quando a doença acometia todos os habitantes de uma pequena aldeia, não havia outro lugar para ir e o surto se dissipava. Restava aos imunologistas imaginarem o que aconteceria se o Ebola chegasse a uma cidade grande, felizes pela doença estar restrita ao contexto rural ao invés de se tornar uma praga urbana. Enquanto isso, o medo público da doença foi provocado, brevemente, pelo bestseller de 1994 Zona Quente, no qual ...

Sobre o autor

Reid Wilson é correspondente nacional do jornal The Hill em Washington, DC. Ele cobre temas como políticas públicas, política, campanhas e eleições.


Comente sobre este resumo

Mais deste tópico

Os clientes que leem esse resumo também leem

Canais Relacionados