Resumo de Liberdade para Escolher

Procurando pelo livro?
Nós temos o resumo! Obtenha os insights principais em apenas 10 minutos.

Liberdade para Escolher resumo de livro
Comece hoje:
ou conheça os nossos planos

Avaliação

9

Qualidades

  • Analítico
  • Inovativo

Recomendação

O economista Milton Friedman teve grande influência nas ideias do monetarismo e de livre mercado, que contribuíram para a virada à direita iniciada nos anos de 1980. Friedman era um excelente comunicador – capaz de convencer economistas, políticos e leitores comuns da razão de suas teorias. Décadas depois de sua publicação e republicação, este tratado – escrito com sua esposa, a economista Rose Friedman – ainda serve como um manual inspirador para a direita política. Ele é ardente, sem ser insensível; radical, sem ser ideologicamente cego. A interpretação de Friedman sobre a Grande Depressão mostra-se especialmente interessante em vista da história recente. Friedman teria aprovado a flexibilização quantitativa? As suas críticas ao Fed nos anos de 1980 indicam que, em princípio, ele a teria aprovado, embora fique a dúvida sobre o grau de intervenção: Sim, em favor da flexibilização, mas em que volume? Alguns assuntos, como a inflação, podem não ter aplicação no momento atual, mas muitos dos argumentos de Friedman ainda fazem sentido. Embora sempre politicamente neutra, a getAbstract recomenda esta leitura fundamental – um texto seminal para pensadores de direita posteriores e seus livros.

Sobre os autores

Vencedor do Prêmio Nobel, o falecido Milton Friedman foi um dos economistas mais influentes do século XX. A economista Rose Friedman, sua esposa, também falecida, ensinou na Faculdade de Direito da Universidade de Chicago.

 

Resumo

A deflação nos anos de 1930

Muitos economistas veem o colapso dos anos de 1930 como o caso de estudo definitivo sobre a fraqueza do sistema capitalista e como a justificação original para as políticas keynesianas. O estudo posterior do período revela que a inação do Sistema de Reserva Federal contribuiu mais para a Grande Depressão do que se pensava anteriormente. E, as questões monetárias contribuíram para a severidade da Depressão. A falha do Fed em lidar com a constrição do número de dólares em circulação na economia nos EUA tornou o período pior do que o necessário e transformou uma recessão curta em uma longa depressão.

A perturbação que a deflação provoca no funcionamento da economia significa que a constrição monetária se propaga à economia real. Os preços são sinais que ajudam as empresas e indivíduos a compreenderem quais ações e atividades são lucrativas. Preços crescentes estimulam a atividade e produção; preços em queda levam à redução da atividade e produção. Os atores da economia podem ter dificuldades em distinguir entre uma queda de preços no seu setor e uma queda de preços generalizada e sistêmica – que é a deflação. O colapso monetário prolongou...


Mais deste tópico

Dos mesmos autores

Capitalismo e Liberdade
8

Os clientes que leem esse resumo também leem

Os Fundamentos da Liberdade
8
O Caminho da Servidão
9
Relatório Sobre os Riscos Globais de 2018
9
Implacável Mundo Novo
8
O Grande Nivelador
8
Grandes Poderes, Grandes Estratégias
6

Canais Relacionados

Comente sobre este resumo