Resumo de Liderando a Colaboração

Procurando pelo livro?
Nós temos o resumo! Obtenha os insights principais em apenas 10 minutos.

Liderando a Colaboração resumo de livro
Comece hoje:
ou conheça os nossos planos

Avaliação

9

Qualidades

  • Inovativo
  • Aplicável
  • Exemplos Práticos

Recomendação

A colaboração é uma das dinâmicas primárias da humanidade, mas a colaboração formal nas organizações de hoje raramente funciona. As empresas sofrem quando os colegas não conseguem se reunir efetivamente para desenvolver soluções inteligentes para os problemas. A maioria dos líderes fala sobre a importância da ideia da colaboração, mas poucos sabem como realizá-la. Para a especialista em colaboração Gretchen Anderson, existe uma maneira melhor de lidar com a questão. A autora explica em termos práticos como a colaboração funciona, o que ela pode realizar, como organizar equipes colaborativas e quais armadilhas mais comuns da colaboração devem ser evitadas.

Sobre a autora

Gretchen Anderson atua como consultora em estratégias de colaboração e produto. Ela trabalhou em consultoria de design para a Frog Design, Cooper e Lunar, e chefiou a área de design na PG&E, a empresa de energia da Califórnia. Ela também atuou como vice-presidente de produtos da GreatSchools.org.

 

Resumo

A melhor maneira de resolver problemas difíceis é implantando uma equipe.

Alguns problemas exigem um grupo de pessoas para encontrar uma solução. A colaboração é a ferramenta principal disponível para as equipes na hora de resolver problemas desafiadores. Apesar da sua eficácia potencial, a colaboração nunca é fácil de se obter. Os esforços do grupo geralmente dão errado, porque a maioria das pessoas não sabe como colaborar e não há quem as ensine. A colaboração pode ser frustrante e até complicada devido às dinâmicas interpessoais muitas vezes confusas que surgem.

Quando se trata de iniciar uma colaboração, o ideal é ter mais pessoas envolvidas. Eventualmente, reduza o número de participantes em um grupo central.

Ao configurar uma colaboração, construa uma rede ampla e convide inicialmente o maior número possível de pessoas para evitar deixar alguém de lado ou esquecido. As pessoas não convidadas tendem a se sentir excluídas e podem acabar se opondo a qualquer solução que o grupo desenvolva.

Convidar a participação de diversos indivíduos promove um grupo colaborativo menos disposto a escolher a solução segura em vez da mais indicada. Um grupo...


Mais deste tópico

Os clientes que leem esse resumo também leem

Liderança Humilde
8
A Vantagem da Curiosidade
9
Pare de Vender e Comece a Liderar
8
Decifrando o Código da Liderança
9
A Falácia da Tecnologia
9
Gestão Nudge
7

Canais Relacionados

Comente sobre este resumo