Resumo de O Lado Humano da Empresa

Procurando pelo livro?
Nós temos o resumo! Obtenha os insights principais em apenas 10 minutos.

O Lado Humano da Empresa resumo de livro
Comece hoje:
ou conheça os nossos planos

Avaliação

9

Qualidades

  • Analítico
  • Aplicável
  • Para Iniciantes

Recomendação

Douglas McGregor foi um grande patrão. Sábio, espirituoso e perspicaz, cultivava um respeito extraordinário para com seus empregados e acreditava que se lhes fosse dada a oportunidade, seriam responsáveis, éticos e permaneceriam entusiasmados com o trabalho. Tanto acreditava nisso que escreveu este livro em 1960 e mudou para sempre a gestão, cuja filosofia predominante na época afirmava que as pessoas eram inerentemente preguiçosas e só trabalhavam se forçadas e punidas. McGregor tinha apenas 58 anos quando morreu em 1964, mas suas contribuições para a teoria e a prática da gestão garantem o seu legado duradouro. Você pode aplicar a filosofia e princípios de McGregor no trabalho e na vida. Apesar de McGregor ter certa tendência a elaborar demais ou em alguns momentos retomar pontos já abordados anteriormente, getAbstract acredita que este livro convincente irá alterar para sempre a sua visão sobre gestão e sobre seus colegas de trabalho.

Sobre o autor

Douglas McGregor foi presidente da Antioch College e membro do corpo docente fundador da Sloan School of Management da MIT.

 

Resumo

A Teoria X

Quais são os seus pressupostos (implícitos, assim como explícitos) sobre a maneira mais eficaz de gerenciar pessoas? A “Teoria X”, sustenta que as pessoas são inerentemente preguiçosas e precisam de supervisão autoritária para serem produtivas. A Teoria X pode ter sido relevante em algum momento, mas agora torna-se antiquada por três razões:

  1. Seus paradigmas são obsoletos – Os modelos hierárquicos, como os militares ou da igreja, não se aplicam a empresas modernas. Por exemplo, ao invés de reportar a apenas “um chefe”, os membros das equipes de trabalho hoje em dia podem ter responsabilidades que estendem-se a vários departamentos.
  2. É “etnocêntrica” – Não leva em conta o “ambiente político, social e econômico” de uma organização.
  3. Faz suposições não confiáveis sobre a natureza humana – Por exemplo, assume que só o exercício de autoridade pode forçar as pessoas a trabalhar. No entanto, a autoridade tem seus limites. Persuasão e cooperação muitas vezes funcionam melhor.

A Teoria X tem uma visão pessimista da natureza humana e estabelece uma relação conflituosa entre a administração...


Mais deste tópico

Os clientes que leem esse resumo também leem

Liderando Empresas de Serviços Profissionais
9
Liderança em Rede
8
A Tirania das Métricas
8
Mapeando a Inovação
8
O Caminho do Gestor
8
Consciência dos Dispositivos
7

Comente sobre este resumo