Resumo de O Pequeno Livro do Investimento Sensato

Procurando pelo livro?
Nós temos o resumo! Obtenha os insights principais em apenas 10 minutos.

O Pequeno Livro do Investimento Sensato resumo de livro
Comece hoje:
ou conheça os nossos planos

Avaliação

9

Qualidades

  • Aplicável
  • Conhecimento Contextualizado
  • Inovativo

Recomendação

O autor John C. Bogle é ex-presidente e CEO do The Vanguard Mutual Fund Group, a maior empresa de fundos mútuos pure no-load (sem comissão) do mundo. Em 1976, ele conceituou, desenvolveu e introduziu o primeiro fundo indexado do mundo para o investidor individual. Este novo produto de investimento revolucionou o mercado financeiro. Nas palavras do Dr. Paul Samuelson, do MIT, “a criação do primeiro fundo indexado por John Bogle foi o equivalente à invenção da roda e do alfabeto”. Hoje, os fundos indexados respondem por US$ 1 trilhão em fundos investidos. Todos, desde o gênio investidor Warren Buffett até os ganhadores do Prêmio Nobel William Sharpe e Daniel Kahneman recomendam os fundos indexados para o investidor típico. Neste livro sensato, exaustivamente pesquisado, cuidadosamente fundamentado e altamente acessível, Bogle explica como os fundos indexados funcionam e por que eles são investimentos confiáveis. Para a getAbstract, todos os investidores devem levar Bogle a sério; afinal, ele inventou este modelo de investimento.

Sobre o autor

John C. Bogle é o fundador e ex-presidente e CEO de uma das maiores empresas de fundos mútuos do mundo. Ele é autor de inúmeros livros populares sobre investimentos. Em 2004, foi nomeado pela revista TIME como uma das 100 pessoas mais poderosas e influentes do mundo.

 

Resumo

Investimento inteligente

A obra O Investidor Inteligente de Benjamin Graham foi publicado em 1949. Ele foi considerado o gestor financeiro mais astuto da sua época, e o seu texto é um clássico sobre bons conselhos de investimento. Ele ressalta que a maioria dos investidores não tem treinamento profissional, experiência ou tempo para analisar o valor das empresas e o valor das suas ações. Tampouco têm a capacidade de prever o valor das ações de uma empresa em algum momento no futuro. Ele, portanto, aconselhou os seus leitores a serem consistentemente conservadores nas suas escolhas relacionadas às ações. Ele postulava o investimento em um “portfolio defensivo”, uma seleção bastante ampla de ações diversificadas que, uma vez adquiridas, deveriam ser mantidas no longo prazo.

Graham alertou os investidores contra dependerem demais dos corretores que ganham dinheiro através de comissões de negociação. Ele destacou que os interesses financeiros de curto prazo destes corretores entravam em conflito direto com os objetivos de investimento de longo prazo dos seus clientes. Graham explicou ainda que, matematicamente, as probabilidades nunca favoreceriam...


Mais deste tópico

Os clientes que leem esse resumo também leem

Criptoativos
8
Relatório Sobre os Riscos Globais de 2018
9
Narrativas e Números
8
Em Forma para Crescer
7
A Alma do Dinheiro
8
O Metaverso de Charlie Fink
8

Canais Relacionados

Comente sobre este resumo