Acesse a sua conta getAbstract para obter o resumo!

O Triângulo Chinês

Acesse a sua conta getAbstract para obter o resumo!

O Triângulo Chinês

O boom de crescimento da China na América Latina e o destino do Consenso de Washington

Oxford UP,

15 min. de leitura
10 Ideias Fundamentais
Áudio & Texto

Sobre o que é?

As atividades da China na América Latina apresentam um novo ângulo dos laços dos EUA com ambos.


Avaliação Editorial

7

Qualidades

  • Analítico
  • Revelador
  • Exemplos Práticos

Recomendação

A China investiu bilhões no desenvolvimento de infraestrutura na América Latina e forneceu um mercado para os recursos latino-americanos que alimentaram um boom de crescimento entre 2003 e 2013. O relatório do professor Kevin P. Gallagher fornece uma introdução ponderada sobre o relacionamento da China com a América Latina. O livro garante uma leitura rápida, com uma forte visão geral no primeiro capítulo e uma série de dados e exemplos nos capítulos seguintes. Embora sempre politicamente neutra, a getAbstract recomenda os insights de Gallagher a investidores e executivos com interesses voltados aos mercados, recursos naturais, bem como interessados na China ou América Latina.

Resumo

Forças externas

Por volta do final do século XIX, seis milhões de emigrantes europeus seguiram para a América Latina. Os imigrantes chineses vieram, também, principalmente para trabalhar na construção do Canal do Panamá. Hoje, a China está investindo bilhões na ferrovia Twin Ocean Railroad Connection que ligará a costa atlântica do Brasil à costa do Peru e na construção de um canal atravessando a Nicarágua. Estes projetos devem agilizar as exportações de commodities da América Latina para a China e acelerar o ritmo das importações de produtos chineses.

O “boom chinês” na América Latina se estendeu de 2003 a 2013 e logo depois retraiu. Os recursos da América Latina apoiaram o desenvolvimento chinês enquanto a região experimentava o maior crescimento econômico. Isso ajudou a minimizar os danos causados na América Latina pelo chamado “Consenso de Washington”, o qual previa a retirada dos governos locais do controle das empresas para desencadear o poder dos mercados e fomentar a prosperidade. A presença da China também ajudou os países latino-americanos a superarem a crise financeira global de 2008.

Desenvolvimento Histórico

Três...

Sobre o autor

Professor de políticas em desenvolvimento global na Escola Frederick S. Pardee para Estudos Globais da Universidade de Boston, Kevin P. Gallagher é cogestor da Global Economic Governance Initiative (Iniciativa Global de Governança Econômica).


Comente sobre este resumo