Resumo de O Vencedor Leva Tudo

Procurando pelo livro?
Nós temos o resumo! Obtenha os insights principais em apenas 10 minutos.

O Vencedor Leva Tudo resumo de livro
Comece hoje:
ou conheça os nossos planos

Avaliação

9 Geral

9 Importância

8 Inovação

9 Estilo


Recomendação

Com a China dominando as manchetes e os mercados mundiais de commodities, a economista Dambisa Moyo dá uma olhada oportuna na estratégia do país de estocar recursos naturais e ativos financeiros. Para seguir no encalço das centenas de bilhões de dólares já investidos pela China, Moyo percorre o mundo, desde a Rússia até a África, passando pela América do Sul. A China no geral joga limpo, conclui a autora, embora os gestores da segunda economia mundial estejam dispostos a utilizar táticas cruéis. Moyo oferece um relato equilibrado do papel proeminente da China, evitando espalhar o pânico ao mesmo tempo em que se recusa a deixar impunes as práticas questionáveis da nação. Este estudo analisa o panorama geral da ardilosa onda de compras da China, investigando as pressões políticas domésticas e a escassez de recursos no exterior. Apesar de não ser um guia sobre investimentos, esta análise fornece informações valiosas sobre as forças motrizes que operam nos mercados de commodities. A getAbstract recomenda os relatórios de Moyo aos leitores que buscam uma perspectiva financeira e política mais apurada sobre os mercados globais e, em especial, sobre a China.

Neste resumo, você vai aprender:

  • Por que a China está em uma maratona de compras global; e
  • Como a sua estratégia afeta os mercados financeiros e de commodities mundo afora
 

Sobre o autor

Economista reconhecida mundialmente, Dambisa Moyo é a autora de Dead Aid e How the West Was Lost. A revista Time nomeou Moyo como uma das “100 Pessoas Mais Influentes do Mundo” em 2009.

 

Resumo

Uma Corrida às Compras

O rápido crescimento da China e uma cobiça agressiva apresentam ao mundo um novo tipo de superpotência, que está investindo pesado em recursos naturais para apoiar a sua grande população no futuro. De campos de petróleo na Venezuela a minas de cobre no Chile, passando por portos na Grécia e fabricantes de computadores nos Estados Unidos, o governo chinês e as empresas do país têm procurado aumentar o seu alcance na economia mundial. Com mais de US $ 3 trilhões em reservas de moeda estrangeira em 2012, a China tem muito dinheiro para financiar as suas compras compulsivas. A China possui ativos financeiros e físicos. Em 2011, a China detinha 8% de toda a dívida pública dos EUA, mas o seu apetite aparentemente insaciável por petróleo, carvão, alimentos e água é ainda mais impressionante.

A lista de compras de tirar o fôlego dos investimentos chineses, incluindo compras diretas, empréstimos e swaps, inclui:

  • US $ 1,25 bilhão para a divisão de computadores pessoais da IBM.
  • US $ 1,8 bilhão para a marca sueca Volvo.
  • US $ 3 bilhões para o Monte Toromocho, uma montanha rica em cobre no Peru.
  • US $ 5,6 bilhões ...

Mais deste tópico

Do mesmo autor

O crescimento econômico parou. Vamos resolver isso
7
A Decadência do Ocidente
6

Os clientes que leem esse resumo também leem

O Triângulo Chinês
7
Grandes Poderes, Grandes Estratégias
6
A Terceira Revolução
7
O Fim do Século Asiático
8
O Futuro da China
7
Fim de uma Era
8

Canais Relacionados

Comente sobre este resumo