Resumo de Os Robôs Também São Pessoas

Procurando pelo livro?
Nós temos o resumo! Obtenha os insights principais em apenas 10 minutos.

Os Robôs Também São Pessoas resumo de livro
Comece hoje:
ou conheça os nossos planos

Avaliação

8

Qualidades

  • Polêmico
  • Revelador
  • Cativante

Recomendação

O advogado John Frank Weaver, especialista em inteligência artificial (IA), aborda as novas questões legais, tanto positivas como negativas, bem como as complexidades relacionadas à IA e aos robôs. Ele percorre arenas distintas da interação humana, uma por uma, de uma forma que lhe permite construir um argumento cumulativo. Weaver discute os desenvolvimentos tecnológicos segundo os contextos históricos e jurídicos e analisa como a IA vai afetar o seu trabalho e a sua vida. Os aficionados em tecnologia que se deleitam nas possibilidades futuras vão receber com prazer as tiradas bem-humoradas do autor sobre os robôs e androides mais famosos da cultura popular. A getAbstract recomenda as colocações inteligentes e sóbrias de Weaver sobre a IA, as quais vão certamente interessar a quem segue as tendências tecnológicas e econômicas e as projeções sobre o futuro da sociedade. Elas também devem intrigar empreendedores, investidores e todos os que trabalham nos setores militar, automotivo, da manufatura, dos transportes e da área saúde.

Sobre o autor

Especialista em inteligência artificial, John Frank Weave atua como advogado na McLane, Graf, Raulerson & Middleton em Portsmouth, EUA.

 

Resumo

IA forte e IA fraca

Basta mencionar inteligência artificial (IA) e as pessoas logo imaginam máquinas que pensam, assim como os seres humanos ou até melhor. O termo evoca imagens de ficção científica, como o computador chamado HAL do filme 2001 Uma Odisséia no Espaço ou os androides de Star Wars. Essas máquinas se enquadram na categoria da IA forte, a qual ainda não existe fora da ficção. No entanto, a IA fraca já é capaz de corresponder, recriar, ampliar ou superar aspectos específicos da inteligência humana em situações limitadas. Você encontra uma IA fraca sempre que acessar o Google ou um sistema de geoposicionamento (GPS). O aumento da disponibilidade da IA nos produtos deve forçar algumas mudanças no sistema legal.

Quando você faz uma pesquisa no Google, você sabe que não está interagindo com outra pessoa. Por outro lado, você pode se comunicar com a Siri, a assistente eletrônica embutida no iPhone, dialogando e fazendo perguntas. A Siri é um preâmbulo da revolução emergente da IA. Ela dá respostas e age de acordo com os seus pedidos. Como esse processo se assemelha com a interação humana, a sua tendência é tratar a Siri, assim como ...


Mais deste tópico

Os clientes que leem esse resumo também leem

O Condutor do Carro Autônomo
9
Driverless
8
O Que Fazer Quando as Máquinas Fazem Tudo
8
Política do Futuro
9
O Metaverso de Charlie Fink
8
Reengenharia do Varejo
8

Canais Relacionados

Comente sobre este resumo