Acesse a sua conta getAbstract para obter o resumo!

Ouça Agora

Acesse a sua conta getAbstract para obter o resumo!

Ouça Agora

Como as mulheres podem ser mais ouvidas no trabalho e porque isso importa

Active Presence Limited,

15 min. de leitura
10 Ideias Fundamentais
Texto disponível

Sobre o que é?

Desenvolva a sua “voz poderosa” para transmitir as suas ideias com confiança.

Avaliação Editorial

8

Qualidades

  • Inovativo
  • Aplicável

Recomendação

A maioria das mulheres no mundo dos negócios sente que as suas vozes têm menos peso do que os tons mais fortes dos seus colegas do sexo masculino. O palestrante corporativo e defensor dos direitos das mulheres Chris Davidson confirma a realidade deste obstáculo oral: ele é tanto físico como cultural. Resolver o obstáculo físico significa exercitar seus músculos vocais para alcançar uma voz mais vibrante. Superar o obstáculo cultural exige que se aprenda a apreciar o modelo colaborativo “feminino” de comunicação. Com este modelo, você ilustra os pontos importantes com histórias relevantes e pessoais que formam conexões emocionais memoráveis com o seu público. Davidson detalha cada passo necessário para que você produza apresentações poderosas e acessíveis, utilizando as suas habilidades de apresentação para transmitir efetivamente a sua mensagem em todas as comunicações corporativas. Embora o autor tenha escrito este manual de fácil utilização para as mulheres, a getAbstract acredita que ele pode ajudar qualquer participante do mundo corporativo que precise de uma voz forte e de uma atitude confiante, incluindo empresários que não se projetam como gostariam.

Resumo

Sentir-se nervoso é uma reação física

O seu corpo é programado para disparar uma resposta de estresse físico, alertando-o para uma situação de perigo. Para os ancestrais pré-históricos da humanidade, a adrenalina, conhecida como o hormônio do estresse, funcionava como um impulso de luta ou fuga para evitar ou superar potenciais predadores. Quando acionada por uma situação alarmante, a adrenalina envia sangue extra para sua perna, braço e músculos, fazendo-os tremer em antecipação. A sua respiração se torna rápida e superficial e a sua voz acaba trêmula.

A resposta ao estresse ainda hoje tem um papel caso você enfrente o perigo físico. Às vezes, porém, a adrenalina vem em exagero. Quando você lida com o desconforto de falar em uma reunião ou enfrentar o desconhecido em uma apresentação, uma quantidade indesejada de adrenalina entra em ação. As suas pernas e voz tremem. O resultado é que a adrenalina pode deixar de ser um salva-vidas, tornando-se um impedimento em uma situação de negociação.

Você cria a sua voz, em parte, empurrando o ar dos seus pulmões. O estresse, com o seu efeito colateral de respiração rápida, inibe o fluxo de ar forte e constante. A sua voz...

Sobre o autor

Autor premiado e palestrante muito requisitado, Chris Davidson atua como consultor de comunicação corporativa. Ele fundou a empresa Active Presence em 2002.


Comente sobre este resumo

Mais deste tópico

Os clientes que leem esse resumo também leem