Resumo de Não Podemos Falar Sobre Isso no Trabalho!

Procurando pelo livro?
Nós temos o resumo! Obtenha os insights principais em apenas 10 minutos.

Não Podemos Falar Sobre Isso no Trabalho! resumo de livro
Comece hoje:
ou conheça os nossos planos

Avaliação

7 Geral

8 Aplicabilidade

7 Inovação

7 Estilo

Recomendação

Em uma época de crescente polarização, os gestores talvez se preocupem com o impacto das conversas políticas disruptivas no ambiente de trabalho. A consultora em diversidade Mary-Frances Winters afirma que os empregadores devem encorajar – e não desencorajar – essas interações. Winters acredita que as “conversas ousadas e inclusivas” podem ter um impacto positivo no ambiente de trabalho e no engajamento dos funcionários. Para ajudar neste processo, ela fornece boas orientações e exemplos sobre como conduzir tais discussões em um guia prático para se lidar com os comentários potencialmente afrontosos e expressões que muitos grupos, sejam caucasianos, afro-americanos, latinos, pessoas com deficiência física e mulheres, possam achar ofensivos. A getAbstract recomenda estes conselhos da autora sobre como minimizar a divisão no local de trabalho a supervisores, profissionais de RH e todos os profissionais interessados em se comunicar mais eficazmente com os seus colegas de trabalho.

Neste resumo, você vai aprender:

  • Por que os gerentes devem incentivar “conversas ousadas e inclusivas” no local de trabalho;
  • Quais elementos devem ser incluídos nestas conversações, e
  • Como as conversas francas podem fomentar o engajamento e reconciliar diferenças.
 

Sobre a autora

A consultora e estrategista Mary-Frances Winters é fundadora e presidente do The Winters Group e tem aconselhado organizações em todo o mundo sobre os temas de diversidade e inclusão por mais de 30 anos.

 

Resumo

Não tão rápido

Os empregadores tradicionalmente desencorajam as pessoas a abordarem temas sensíveis no local de trabalho. No entanto, os funcionários acabam discutindo estes assuntos de qualquer maneira. Portanto, os gerentes devem aproveitar essas conversas e encorajar o pessoal a lidar com elas de maneira positiva e construtiva. Um empregador deve se esforçar para criar um ambiente de trabalho que prime pela “cultura inclusiva” para promover um maior envolvimento dos colaboradores. Temas difíceis tendem a inspirar respostas “tribais” e as pessoas trazem naturalmente as suas reações e opiniões para o trabalho. Quando elas encontram espaço para expressar os seus pontos de vista, sem penalizações, em uma atmosfera de respeito e confiança, elas apresentam um melhor desempenho. Quando uma empresa não fala nada sobre temas difíceis como, por exemplo, preconceitos contra grupos específicos ou assédio sexual, o silêncio comunica indiferença. Quando um líder ou uma organização abre uma janela de diálogo, o resultado pode ser “catártico”.

Saiba os pontos essenciais deste livro em 10 minutos.

Para você

Encontre o melhor plano de assinatura para você.

Para sua empresa

Construa uma cultura de aprendizagem contínua.

 ou faça o login

Comente sobre este resumo

Mais deste tópico

Os clientes que leem esse resumo também leem

Mais por categoria