Resumo de Uma Bela Pergunta

Procurando pelo livro?
Nós temos o resumo! Obtenha os insights principais em apenas 10 minutos.

Uma Bela Pergunta   resumo de livro
Comece hoje:
ou conheça os nossos planos

Avaliação

8

Qualidades

  • Aplicável
  • Inovativo

Recomendação

Smartphones, e-books e compras online existem porque alguém perguntou: “Por que não?”. O jornalista Warren Berger afirma que fazer perguntas simples é fundamental para a resolução criativa de problemas. Em seu texto instigante, Berger detalha como vários inovadores, tais como Edwin Land da Polaroid e Eric Hastings da Netflix transformaram as perguntas em grandes empreendimentos. Os questionamentos são bastante raros no mundo dos negócios, afirma Berger, porque depois da fase de arranque, as empresas tendem a encarar as perguntas como ameaças à ordem estabelecida. Berger descreve algumas técnicas que as organizações podem utilizar para estimular um espírito investigativo, mas o texto do autor não é primariamente um manual passo-a-passo. A intenção de Berger é inspirar. Através de dezenas de histórias e de insights de especialistas, ele mostra como é possível utilizar as perguntas certas para enxergar coisas que passaram despercebidas para outros e expandir os limites e possibilidades. Os conceitos de Berger são de especial interesse para áreas criativas como design ou publicidade. Além destas, a getAbstract recomenda também a visão do autor sobre a importância das “belas perguntas” a empresários, investidores, inovadores e a todos que querem fazer bons negócios na era das mudanças rápidas.

Neste resumo, você vai aprender:

  • Como os questionamentos estimulam a criatividade;
  • Por que as empresas e as escolas desencorajam os questionamentos;
  • Por que o questionamento mais eficaz segue o modelo “Por que – E se – Como”; e
  • Como utilizar “boas perguntas” em seu benefício.
 

Sobre o autor

O jornalista Warren Berger escreve para Fast Company, Harvard Business Review e Wired. O seu livro Glimmer foi um dos premiados do Best Innovation and Design Books of the Year da BusinessWeek.

 

Resumo

A Questão não é o que você já sabe...

Ao enfrentar um problema, você vai atrás de uma solução. Isso parece bastante razoável, mas será que sair procurando uma boa solução é sempre a melhor estratégia? É normal você encontrar soluções se inspirando nas informações que já sabe ou promovendo ajustes que funcionaram no passado. Mas e se você estiver enfrentando um novo tipo de problema que exija um novo tipo de solução, algo que ninguém tentou antes?

Uma ideia inovadora não vai aparecer enquanto você ficar debruçado sobre o que já se sabe. Pelo contrário, siga o exemplo de inovadores como Albert Einstein e Steve Jobs: não vá atrás de respostas, mas sim de “belas perguntas”. Os produtos, serviços e entretenimento de ponta dos quais desfrutamos hoje, incluindo as compras online e os filmes da Pixar, têm suas raízes em perguntas. David Pogue, colunista de tecnologia do The New York Times, afirma que esses saltos imaginativos ocorrem “quando alguém olha para a forma como as coisas sempre foram feitas e sai questionando tudo”.

Três tipos de questionamento

Entrevistas com mais de 100 pensadores criativos nas ciências, negócios, tecnologia...


Mais deste tópico

Os clientes que leem esse resumo também leem

DNA do Inovador
9
Faça Mais Perguntas
8
Vencendo o Jogo da Mente
8
A Decadência da Verdade
8
Contratação e Demissão
7
Aberto para Pensar
9

Canais Relacionados

Comente sobre este resumo