Resumo de A Estratégia em Ação

Procurando pelo livro?
Nós temos o resumo! Obtenha os insights principais em apenas 10 minutos.

A Estratégia em Ação  resumo de livro
Comece hoje:
ou conheça os nossos planos

Avaliação

9

Qualidades

  • Inovativo
  • Aplicável

Recomendação

Publicado pela primeira vez no Brasil em 1997, A Estratégia em Ação: Balanced Scorecard é um clássico da literatura de gestão. Esta obra constrói uma ponte entre os sistemas de gestão tradicionais de curto prazo e uma abordagem mais equilibrada, integrando novos tipos de medições em uma estratégia abrangente. Neste livro, os autores olham os gestores seniores nos olhos e perguntam: “Você está pronto para o futuro?” Alguns executivos respondem de improviso ao desafio da mudança, acrescentando algumas métricas não financeiras ao painel de controle, que lhes dizem como está indo sua nave corporativa. Outros rejeitam o Balanced Scorecard, porque este requer que os CEOs aceitem feedback de todos os níveis de suas organizações a fim de saber se seus pressupostos continuam a ser relevantes em meio às mudanças rápidas. No entanto, mais de 300 grandes organizações têm utilizado este sistema para melhorar o seu desempenho e perspectivas futuras. A getAbstract recomenda este livro a todos os executivos e gerentes.

Sobre os autores

Robert S. Kaplan é professor de desenvolvimento de liderança na Harvard Business School e presidente do Conselho da Balanced Scorecard Collaborative. É co-autor de A Execução Premium, Alinhamento e Mapas Estratégicos com David P. Norton, co-fundador e presidente da Balanced Scorecard Collaborative.

 

Resumo

O Balanced Scorecard

Em 1990, o instituto de pesquisa KPMG estudou como as empresas do futuro deveriam medir o desempenho. O estudo foi baseado na premissa de vanguarda que as atuais medidas de contabilidade financeira estavam se tornando coisa do passado. Conforme examinavam formas inovadoras de medir os resultados das empresas, os pesquisadores Robert S. Kaplan e David P. Norton souberam que a Analog Devices, uma fabricante de circuitos integrados, estava testando um “Scorecard Corporativo”. Este programa experimental media dados concretos tais como prazos de entrega, qualidade, ciclos de produção e contabilidade, visando avaliar a produtividade e definir metas e estratégia.

Após análise mais aprofundada, incluindo uma reunião com um executivo da Analog Devices, os pesquisadores expandiram o programa da Analog e lhe deram o nome de “Balanced Scorecard”. O estudo identificou quatro perspectivas diferentes para determinar a estratégia: “financeira, clientes, processos internos, e aprendizado e inovação”. O termo “balance” denota o equilíbrio cuidadoso de objetivos de longo versus curto prazo, indicadores financeiros primários versus secundários e indicadores de desempenho...


Mais deste tópico

Dos mesmos autores

Alinhamento
8
A Execução Premium
9

Os clientes que leem esse resumo também leem

Fazendo a Inovação Acontecer
9
A Tirania das Métricas
8
Orientadas aos Dados
8
Como Construir Objetivos & Metas Atingíveis
8
O Guia do Gerente de Vendas para a Excelência
8
Histórias de Ninar para Gerentes
7

Canais Relacionados

Comente sobre este resumo