Resumo de Escrever para Ser Feliz

Procurando pelo livro?
Nós temos o resumo! Obtenha os insights principais em apenas 10 minutos.

Escrever para Ser Feliz resumo de livro
Comece hoje:
ou conheça os nossos planos

Avaliação

9

Qualidades

  • Aplicável
  • Cativante
  • Conhecimento de Causa

Recomendação

A roteirista Samantha Shad considera que as histórias são ótimas para solucionar problemas, pois a narrativa é a linguagem primordial do cérebro. Seu livro curto, muito completo e acessível, ensina a escrever para ser feliz e explica por que o storytelling traz resultados. Ao relacionar a escrita de histórias fictícias com os dados de uma pesquisa sobre neurociência e técnicas de storytelling, Shad mostra que inventar histórias é a forma de os humanos modelarem e entenderem as suas vidas. O cérebro gosta de histórias, e escrevê-las é uma maneira poderosa de harmonizar a sua vida.

Sobre o autor

Samantha Shad, que no passado atuou como advogada de direito do entretenimento, escreveu mais de 20 roteiros para os principais estúdios de Hollywood, entre os quais Class Action. Ela é autora de Write Through The Crisis: How To Make Good Use of Bad Times.

 

Resumo

Escrever uma história é uma viagem pessoal.

Cada história é uma experiência de escrever para ser feliz. O storytelling propicia respostas pessoais e perspectivas globais. Comece por definir o cenário da sua história. O cerne da história deve ser um assunto que perturba você. Defina um personagem principal e o seu objetivo, e imagine os obstáculos que ele precisa superar para alcançá-lo. Depois, adote estas recomendações:

1. Siga as regras do storytelling – As histórias têm uma trama com princípio, meio e fim, um herói e um vilão, personagens secundárias, e obstáculos ao herói.
2. Não divague – Conte uma história simples. Não crie muitos personagens e cenários que distraiam você.
3. Ouça seu subconsciente – A essência da sua história está dentro de você. Deixe que as palavras emerjam.
4. Termine a história com um final credível – Sem imprevistos ou acidentes.
5. Escreva o primeiro esboço sem parar – Revise-o só no final.
6. Digitar não é escrever – A abundância de palavras pode distrair.

Para iniciar um processo de mudança, permita os ...


Mais deste tópico

Anticarreira
9
Soltando as Amarras
8
Luxo Digital
8
A Zona do Estrondo
9
Destravando as Armadilhas Mentais da Liderança
8
Consciência dos Dispositivos
7

Canais Relacionados

Comente sobre este resumo

  • Avatar
  • Avatar
    E. M. 2 semanas atrás
    Muito bom
  • Avatar
    I. S. 8 meses atrás
    Goste da forma como o assunto foi abordado e da dinâmica criada para ajudar a construir histórias. Concordo que esse exercício deve refletir muito na forma como aprendemos e interagimos em nosso dia a dia. Também pode ajudar-nos a ter uma visão mais positiva e otimista da vida.