Resumo de Fim de uma Era

Procurando pelo livro?
Nós temos o resumo! Obtenha os insights principais em apenas 10 minutos.

Fim de uma Era resumo de livro
Comece hoje:
ou conheça os nossos planos

Avaliação

8

Qualidades

  • Abrangente
  • Eloquente
  • Conhecimento Contextualizado

Recomendação

Para qualquer um que contemple os arranha-céus da China e trens de alta velocidade, é fácil acreditar que a explosão de sucesso econômico pode levar a uma mudança política radical. Muitos acreditam que a dramática ascensão econômica do país tem preparado terreno para uma inevitável mudança rumo a uma sociedade mais aberta. No entanto, há um grande problema com esta premissa, argumenta o especialista em assuntos chineses Carl Minzner: Pequim não tem interesse em abrir mão do controle. Na verdade, sob a liderança de Xi Jinping, a China se tornou mais repressiva. Minzner pinta uma imagem sombria da vida moderna na China ao descrever a crescente corrupção oficial e uma tolerância cada vez menor à dissidência. Como resultado, a China enfrenta, por exemplo, episódios profundamente angustiantes de manifestantes suicidando-se em praça pública. A getAbstract recomenda este estudo muito bem escrito e persuasivo como uma contrapartida pessimista aos que acreditam que a China está a caminho de se tornar uma democracia ao melhor estilo ocidental.

Sobre o autor

Carl Minzner é professor da Fordham Law School e especialista em assuntos chineses. Ele escreve amplamente sobre as leis e modelos de governança da China.

 

Resumo

A morte do sonho democrático

Desde os anos 1980, os especialistas ocidentais têm expressado a esperança de que a China parta para uma reforma duradoura: que a nação deixe de lado o governo autoritário e se transforme em uma democracia ao estilo ocidental governada pelo Estado de direito. No imaginário americano, as nações em desenvolvimento caminham naturalmente rumo à democracia e ao capitalismo de livre mercado. Sob esta lógica, a China, com seus arranha-céus e trens-bala, parece pronta para se transformar em um novo e brilhante farol de liberdade política e prosperidade econômica. Em vez disso, a China acompanhou o resto do mundo no que alguns chamam de “recessão democrática” ou “ressurgimento autoritário”. As reformas políticas, sociais e econômicas limitadas que a China explorou durante as duas últimas décadas do século XX estagnaram e a promessa de uma sociedade aberta regida pelo Estado de direito recuou. Sob a liderança repressiva de Xi Jinping, Pequim ampliou a sua determinação em esmagar a dissidência.

Em vez de fortalecer as instituições governamentais, Xi se preocupou principalmente em aumentar seu próprio poder. Xi – referenciado...


Mais deste tópico

Os clientes que leem esse resumo também leem

O Fim do Século Asiático
8
A Terceira Revolução
7
Grandes Poderes, Grandes Estratégias
6
Relatório Sobre os Riscos Globais de 2018
9
Implacável Mundo Novo
8
O Grande Nivelador
8

Canais Relacionados

Comente sobre este resumo