Resumo de Filho Único

Procurando pelo livro?
Nós temos o resumo! Obtenha os insights principais em apenas 10 minutos.

Filho Único resumo de livro
Comece hoje:
ou conheça os nossos planos

Avaliação

7

Qualidades

  • Cativante
  • Polêmico
  • Inovativo

Recomendação

A população mundial de sete bilhões tem extenuado o planeta. Conflitos futuros devido à falta de alimentos, terras e combustíveis fósseis são inevitáveis, afirma a professora de filosofia Sarah Conly. Ela argumenta que apenas limitando a procriação é que se pode atenuar o impacto negativo da superpopulação. A autora claramente não foge das polêmicas, uma vez que apenas a sugestão da criação de limites familiares já representa uma invasão ao que as pessoas consideram uma liberdade fundamental. Contudo, a conservação do meio ambiente e a redução do consumo não são suficientes, sustenta. Enquanto Conly acredita que a adesão voluntária e o acesso à informação e métodos de contracepção estimulariam as reduções desejadas, ela acredita que eventuais sanções do governo não estão fora de questão. Conly sustenta que ter mais de um filho não é um direito inalienável. Embora sempre neutra em assuntos políticos ou controversos, a getAbstract sugere a tese de Conly por sua exploração corajosa de uma solução pouco popular para um problema óbvio.

Sobre a autora

Professora de filosofia na Bowdoin College, Sarah Conly é também a autora de Against Autonomy.

 

Resumo

Sete bilhões e crescendo

Em 2011, a população mundial atingiu sete bilhões de pessoas. A taxa de crescimento vai acelerar à medida que mais bebês nascerem. Conforme a população vai consumindo os recursos da Terra a taxas alarmantes, as pessoas sentem as consequências resultantes do dano ambiental. Parte das carências alimentares que o mundo enfrenta se deve à pesca excessiva, perda de terra arável e desastres naturais, como secas e ondas de calor. A destruição imprudente atual do planeta prejudica as gerações futuras.

Uma população menor deve reduzir muito esses efeitos negativos e garantir que os seus filhos e netos não sofram as consequências. A política do filho único poderia atenuar os danos ao planeta sem comprometer os direitos das pessoas ou o seu bem-estar. As taxas de consumo no mundo ocidental e em partes da Ásia andam mais altas do que nunca. A redução do consumo é uma abordagem, mas não é suficiente.

Limitar a população é um tema que raramente chega à opinião pública. O controle da população é uma ideia tão desagradável, muitas vezes contrária às crenças religiosas das pessoas e a sua sensação de privacidade, que os políticos e os órgãos ambientais...


Mais deste tópico

Os clientes que leem esse resumo também leem

Fim de uma Era
8
Irã
7
Como Acontece a Mudança
9
A Estrada para Algum Lugar
7
Os Fundamentos da Liberdade
8
Ganhar, Gastar, Investir
9

Canais Relacionados

Comente sobre este resumo