Acesse a sua conta getAbstract para obter o resumo!

O Efeito do Propósito

Acesse a sua conta getAbstract para obter o resumo!

O Efeito do Propósito

Crie sentido para si mesmo, a sua função e a sua organização

Figure 1 Publishing,

15 min. de leitura
7 horas poupadas
5 Ideias Fundamentais
Áudio & Texto

Sobre o que é?

As empresas com propósito põem os princípios à frente dos lucros.


Avaliação Editorial

8

Qualidades

  • Aplicável

Recomendação

O consultor Dan Pontefract, autor do bestseller Flat Army, explica como as empresas podem estabelecer objetivos com significado, proporcionar locais de trabalho energizantes e contribuir significativamente para a comunidade e para a sociedade. Estas empresas com propósito põem os princípios acima dos lucros, mas elas descobrem que a longo prazo ser uma empresa com propósito é bom para o negócio. Pontefract mostra às empresas como atingir um “ponto ideal” ao combinarem três fatores importantes: o sentido pessoal de propósito de cada funcionário, o propósito organizacional da empresa e o propósito de função, que os funcionários sentem quando estão em posições alinhadas com as suas prioridades e crenças pessoais.

Resumo

As empresas com propósito colocam os princípios acima dos lucros. Elas focam nos seus clientes, funcionários ou membros da equipe, na comunidade e sociedade, assim como nos lucros.

A Johnsonville Sausage tem sido um lugar especial para trabalhar desde que Ralph C. Stayer fundou a empresa em 1945. Na sua declaração de cultura, a Johnsonville diz que seu objetivo é tornar-se “a melhor empresa do mundo”, algo que ela designa como “responsabilidade moral”. A intranet da Johnsonville publica os compromissos de desenvolvimento pessoal de cada funcionário. A motivação para atingir o “máximo impacto no serviço ao cliente” é a base da estratégia de negócios da Johnsonville. O propósito da Johnsonville está além dos lucros. Sua declaração de cultura traduz a ética profundamente enraizada que a empresa pratica todos os dias – mesmo nos tempos mais difíceis. Cory Bouck, executivo da Johnsonville, explica que seria moralmente incorreto fazer as pessoas cumprirem normas incrivelmente exigentes sem dar-lhes também todas as oportunidades e recursos para se desenvolverem e crescerem, a fim de poderem cumprir tais normas.

Muitas organizações notáveis, de muitos setores, constituem exemplos...

Sobre o autor

Dan Pontefract é o “visionário chefe” da TELUS Transformation Office, uma empresa de consultoria que ajuda organizações a melhorarem sua cultura corporativa e as práticas de colaboração. Ele é autor do bestseller Flat Army.


Comente sobre este resumo

Mais deste tópico

Do mesmo autor

Os clientes que leem esse resumo também leem